Meeting the Staff

Workplace Strategy Trends

Seu escritório como catalisador de cultura, performance e engajamento

Estamos em meio a um processo de mudança social jamais observado. São cada vez mais comuns os métodos de gerenciamento que reconhecem as necessidades holísticas das pessoas e buscam fomentar o melhor resultado e desenvolvimento dos indivíduos e de suas organizações.

Como atender aos talentos das novas gerações? Quais as ferramentas de suporte tecnológico, físico, cognitivo e emocional adequados às demandas particulares destes indivíduos? Se você espera resultados extraordinários, oferece ferramentas equivalentes ao potencial de sua empresa e equipe?

 
 
  • Rodrigo Calazans

O escritório como ambiente vivo e dinâmico - Living Office by Herman Miller®.

A imensa maioria das pessoas já percebeu que estamos em meio a um processo de mudança social jamais observado anteriormente.


As ideias fundamentais por trás do que é o trabalho, como e onde é feito, e até mesmo por que o fazemos, foram superadas. Há alguns anos, nos perguntamos como os métodos de gerenciamento, ferramentas tecnológicas e os locais de trabalho pareceriam se deixássemos nossos preconceitos para trás e começássemos de novo.


Hoje, são cada vez mais comuns os métodos de gerenciamento que diferem do modelo padronizado, hierarquizado e financeiro da era industrial, para reconhecer as necessidades holísticas das pessoas e possibilitar o melhor dos indivíduos e de suas organizações.


Nossa tecnologia evoluiu da assistência à automação e gerenciamento de informações até o suporte à criatividade e conexão. Está centrada no ser humano e é muito importante para o sucesso nos dias atuais. Vislumbramos locais de trabalho onde as formalidades e fórmulas prontas do passado dão lugar a uma variedade proposital e em constante evolução, sintonizada com as necessidades individuais e organizacionais.


O Living Office serve como forma de lidar com essas mudanças. Começou há alguns anos como uma ideia. Nos anos seguintes, trabalhamos com designers, tecnólogos, líderes organizacionais e pessoas cujo brilhantismo não é tão facilmente categorizado. Tudo com o objetivo de criar tipos de espaços vivos de trabalho e demonstrar que eles fazem uma diferença real. Para os indivíduos, essa diferença é um local de trabalho profundamente mais eficaz e desejável. Para as organizações, a diferença é entre um custo de instalações necessário e um ativo estratégico benéfico.


Ainda mais importante, o Living Office também inclui um novo ponto de vista sobre o propósito. Embora muitas empresas ainda definam o desempenho em termos estritamente financeiros, propomos uma conversa mais ampla que abarque o propósito.


Por que as pessoas trabalham? Por um contracheque ou algo muito maior? Podemos entender engajamento ou motivação de forma mais holística? Um balanço patrimonial da organização também deve considerar a felicidade e o bem-estar dos indivíduos? Quais são as maneiras pelas quais uma organização pode obter o maior valor de seus ativos? Quais são os verdadeiros sinais vitais do sucesso?


Nesse novo mundo de métodos de gerenciamento, ferramentas e locais de trabalho centrados no ser humano, o que faz toda a conexão, aprendizado, construção e evolução? Nós acreditamos que a soma total é prosperidade.


Quando as pessoas entendem e aproveitam suas paixões como indivíduos e aplicam isso através do propósito de uma organização, podem preencher uma gama holística de necessidades fundamentais - da segurança financeira a um propósito maior.


A prosperidade depende de cada um de nós para ajudar a criá-la - por meio de como trabalhamos, das ferramentas com as quais trabalhamos e dos locais onde trabalhamos. É uma dinâmica que se reforça mutuamente e beneficia tanto os indivíduos quanto as organizações para as quais trabalham.

Cadeira Cosm e mesa Eames

Laptop & Coffee

Vamos marcar um café?

Um café e boa conversa, sempre fazem bem.

São Paulo - SP